quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Slow Brew Brasil 2014, surpresas, amigos e muita cerveja - Rock'n Hops Beer Tour

O primeiro final de semana de novembro nos reservou a grata surpresa do Slow Brew Brasil, um evento que aguardamos desde o primeiro semestre de 2014.





A principio o evento nos soou inconsistente, ficamos com receio, pois sua comunicação era (digamos) um pouco feia, mas com o tempo foi tomando forma. Sua divulgação em rádio deixou a sensação de que o evento se tornaria uma espécie de micareta cervejeira com um pessoal muito fora da realidade cervejeira e seu slogan que soava prepotente "O Maior e Melhor Festival de Cervejas Artesanais do Interior de São Paulo" (oi?), afinal esse foi o primeiro e não havia como saber se ele realmente seria o maior e melhor. E por fim, mas não menos importante, as 4500 pessoas alcoolizadas e confinadas em um galpão.



Mas tudo isso que listamos, caiu por terra no sábado, dia 1 de novembro de 2014, assim que chegamos a filha (gigante) e que não passamos mais do que 10 minutos para entrar na fila do credenciamento o que nos levou mais ou menos os mesmos 10 minutos. O Salão era grande e os stands foram distribuídos muito bem o que fez 4500 pessoas não parecer um número tão grande e assim conseguimos andar e pegar as cervejas que queríamos sem perder muito tempo na fila.


Sobrou tempo para conhecer pessoas muito bacanas, trocar cartões com o pessoal das cervejarias e fornecedores. Conhecemos o pessoal do Hop Hunters e diga-se de passagem foram muito atenciosos com a gente e saímos de lá com a assinatura feita. Reencontramos o pessoal da Reserva da Cerveja, do Degustta que nos deu um abridor de presente, bacanudo, funcional e lindão, um casal de Santos (SP) que é apaixonado por Stout, passar um tempo na cia. agradável do pessoal da Cervejaria Brasília e Varal Diverso e o principal de tudo, uma senhorinha de 86 anos que esbanjava alegria e nos mostrou o quanto é importante aproveita a vida por inteiro.






Se a gente esqueceu de alguém, é só comentar que vamos lembrar na hora! :D


Esse post não pode ser curtinho, pois o Slow Brew Brasil nos proporcionou tantos bons momentos que vamos fazer uma "pequena" lista dos ponto positivos e negativo.


Pontos Negativos:


Vamos começar com eles, pois são menores que os positivos.
  • Para o credenciamento o pessoal dependia de um sistema, talvez em nossa opinião, fosse mais funcional um papel impresso pelo próprio participante. Mas esse processo foi tão rápido que é por mero capricho que listamos ele.
  • A embalagem da caldereta que era desproporcional e ausência que um tirante que foi cedido pelo pessoa do Empório Toscana, mas não havia para todos. Mas as caixas serviram de confortáveis camas para o pessoal deitar perto do fim do evento.
  • A água não foi de graça (isso mesmo). Água que é mais barato que cervejas e tivemos que pagar 5 em duas águas, em 2015 a água poderia ser gratuita.
  • O Wi-Fi não conectava, mas antes água do que internet.


Pontos Positivos:


Agora sim a parte boa do evento.
  • A entrada no evento foi rápida, apesar do tamanho da fila tudo andou direitinho.
  • Abriu oportunidade para negócios.
  • O espaço onde foi realizado o evento era gigante.
  • Banheiros limpos.
  • Pessoal da segurança estava tranquilo. Diferente de um certo bar daqui de Ribeirão Preto.
  • Musica boa.
  • Várias opções de comida.
  • Não faltou cerveja. Quando falamos de não faltar é que em algumas acabaram todos os rótulos e em outras ainda havia cerveja até o final do evento.




De todas as cervejas que tomamos, a menina dos nossos olhos brilhou quando vimos o Stand da 961 Beer, cervejaria que já havíamos tomado sua Porter e nos surpreendemos com sua WitiBier (incrívelmente deliciosa) e a Lager que estavam disponíveis para degustar e acabamos saindo de lá com a 961 Red Ale que logo menos vai aparecer por aqui.


Hop Five - Cervejas Slow Brew


1 - 961, WitiBier - Cervejaria 961
2 - Beerzilla American Pale Ale - Cervejaria Brasília
3 - Damiana, Bavarian IPA - Cervejaria Invicta
4 - Pele Vermelha, American IPA - Cervejaria Bäcker
5 - Biute Beterraba, Vegetable Beer - Cervejaria Klimek.

O evento foi ótimo e com certeza em 2015 estaremos lá (ou aqui?).